Seguro Condomínio Fortaleza

Com a segurança pública cada vez menos eficaz na capital do Ceará, muitos condomínios ficam vulneráveis a ações de vândalos e criminosos. Por isso, é essencial contratar um seguro condomínio Fortaleza.

Essa opção de seguro oferece diferentes coberturas para sinistros que ocorram nas dependências da construção, evitando gastos exorbitantes com consertos, substituição de peças e equipamentos ou reformas.

O seguro de condomínio é dividido nas modalidades básica e personalizada. A primeira cobre prejuízos que envolvam danos materiais causados ao imóvel devido à explosão, incêndio, fumaça, queda de aeronaves ou raios.

Já a modalidade personalizada do seguro de condomínio abrange todas as coberturas da básica com a possibilidade de contratar garantias complementares, para dar ainda mais tranquilidade ao segurado.

Dentre as garantias complementares está a cobertura de prejuízos provocados por vendavais e impactos de veículos, inclusive por danos elétricos, como problemas em instalações, variação de tensão e curto-circuito.

O segurado também pode contratar a garantia complementar para indenizações de danos causados a portões e vidros, assim como em casos de alagamento e desmoronamento, seja do imóvel ou área do condomínio.

Ainda há garantias complementares que cobrem prejuízos gerados pela subtração de bens, tanto do condomínio como do condômino. Essa cobertura contempla veículos do proprietário do imóvel e equipamentos utilizados na área.

Opções de Seguro Condomínio Fortaleza:

Algumas opções de seguro condomínio Fortaleza oferecem também benefícios extras para seus clientes. Um deles é assistência 24 horas, com atendimento para consertos elétricos e hidráulicos, inclusive transporte e guarda de móveis.

Por isso, é sempre bom pesquisar antes de contratar seu seguro de condomínio! Assim, é possível identificar uma opção que atenda suas necessidades, não pese no bolso e também ofereça mais vantagens.

Curiosamente, o seguro de condomínio não é opcional – ele é obrigatório! Por lei, todo condomínio deve contratar pelo menos a modalidade básica. Isso se justifica pela necessidade de proteger a estrutura da construção, mantendo-a em perfeitas condições para uso, sem prejudicar os condôminos.

Se não contratar o seguro de condomínio, a construção está sujeita ao pagamento de multas que podem chegar a milhões de reais. Esse valor é definido de acordo com o porte e finalidade do condomínio.